Ciência e Tecnologia

Pesquisadores do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP) começam a desvendar os mecanismos moleculares pelos quais o parasita causador da leishmaniose cutânea consegue driblar as defesas do organismo hospedeiro e infectar novas células. Caracterizada por feridas na pele de lenta cicatrização, a doença é causada por protozoários do gênero Leishmania.

A Pulchellina, uma proteína originária de Abrus pulchellus tenuiflorus – planta existente na flora brasileira -, foi capaz de combater células infectadas com o Vírus da Imunodeficiência Humana (human immunodeficiency virus – HIV), após ter sido conjugada à ação de anticorpos* usados especificamente na detecção do vírus.

malditestaSabe-se que, de alguma forma, a enxaqueca está relacionada a dores nos músculos da mastigação. Mas a relação com a disfunção temporomandibular (DTM) – que ocorre na articulação da mandíbula com o crânio – era feita independentemente da frequência da enxaqueca.

No páramo, um ecossistema encontrado no alto da cordilheira dos Andes, existe um gênero de plantas endêmicas chamado Espeletia que pode servir de chave para entender a especiação e distribuição de espécies ao longo da história dos andes sul-americanos. Em artigo publicado no dia 18 de agosto na Scientific Reports, pesquisadores da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FCFRP-USP),

O Laboratório de Genômica Integrativa do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu, oferece uma oportunidade de Pós-Doutorado em Bioinformática com Bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição vai até o dia 30 de agosto de 2017.

O pesquisador britânico Colin Goding está convencido de que o mesmo fator que motivou o primeiro ser vivo unicelular a se movimentar pela Terra – há mais de 3 bilhões de anos – também é a razão pela qual algumas células tumorais se separam do tumor primário para colonizar outras partes do corpo: a busca por comida.

Parecia uma perfuração comum para a construção de poço artesiano em propriedade rural. No entanto, tratava-se da retirada de 50 metros de sedimentos, armazenados em longos tubos de aço. Tudo para recontar o último 1 milhão de anos da biosfera e dinâmica da Mata Atlântica em uma área no extremo sul do município de São Paulo.

Panthera oncaO professor da Unisul Joares May, veterinário e pesquisador, teve seu artigo “Mercury content in the fur of jaguars (Panthera onca) from two areas under different levels of gold mining impact in the Brazilian Pantanal” publicado na revista da Academia Brasileira de Ciências e pela qualidade foi convidado a fazer parte da edição especial comemorativa de 100 anos da academia.

O sistema público de saúde brasileiro iniciou em janeiro deste ano a imunização de garotos com 12 e 13 anos de idade contra o vírus do papiloma humano, o HPV. Até o início de junho, porém, apenas 595 mil adolescentes (16,5% da população nessa faixa etária) haviam recebido a primeira das duas doses de uma vacina importada que protege contra a infecção por quatro tipos desse vírus.

As mudanças climáticas estão alterando o padrão de chuvas no Brasil, particularmente no Sudeste. É o que indica uma nova pesquisa que aponta um aumento médio tanto no volume de água quanto na média de dias em que chove no Estado de São Paulo. O trabalho foi feito com mais de 70 anos de dados meteorológicos.

Quase sempre apresentado como inimigo dos ecossistemas, o fogo é, no entanto, indispensável para a preservação das savanas, como afirmam unanimemente os estudiosos do assunto. No Brasil, o Cerrado, que constitui a mais biodiversa savana do mundo, encontra-se seriamente ameaçado pela conjunção de dois fatores: a expansão da fronteira agrícola e a proibição do uso do fogo como método de manejo.