Ciência e Tecnologia

Pesquisadores do Departamento de Cartografia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Presidente Prudente, aprimoraram um modelo óptico que estima a transparência da água de ambientes marinhos e costeiros para possibilitar seu uso no monitoramento remoto da qualidade da água de reservatórios, por meio de imagens de satélites. Os resultados do estudo, realizado com apoio da FAPESP, foram publicados na revista Remote Sensing of Environment.

incendioQuando são expostas em laboratório a concentrações comparáveis de poluentes encontrada na atmosfera amazônica em época de queimadas, células do pulmão humano sofrem severos danos em seu DNA e param de se dividir. Após 72 horas de exposição, mais de 30% das células em cultura já estão mortas. O principal responsável pelo estrago?

rete elettricaTransmitir energia elétrica de forma eficiente e sustentável para todo o território brasileiro, de dimensões continentais, ainda é um dos gargalos que atravancam o desenvolvimento nacional. De acordo com levantamento divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) neste ano de 2017, há um milhão de residências sem luz no País, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Basta um trago no cigarro e a nicotina inalada com a fumaça é absorvida pelo pulmão, entra na corrente sanguínea e quase instantaneamente ativa na superfície das células nervosas os chamados receptores nicotínicos de acetilcolina, causando a sensação de euforia seguida por relaxamento que a torna tão viciante. Já está comprovado que o hábito de fumar pode causar enfermidades graves, como enfisema e câncer.

Aedes aegyptiO vírus Zika está se modificando tão rapidamente em pacientes brasileiros que há risco de surgir num futuro breve sorotipos diferentes do patógeno, como já acontece no caso da dengue. Tal fato poderia dificultar a obtenção de uma vacina, bem como comprometer a eficácia dos testes para diagnóstico já desenvolvidos.

Quando as células de defesa que patrulham o organismo humano deparam com uma bactéria potencialmente perigosa, determinados complexos proteicos intracelulares conhecidos como inflamassomas são acionados. Esse processo é essencial para desencadear um processo inflamatório capaz de atrair para o local do confronto um verdadeiro exército de células imunes e, assim, barrar o avanço da infecção.

A colaboração entre diferentes instituições fluminenses diante dos casos de chikungunya que acometeram pacientes no estado em 2016 começa a dar seus primeiros – e importantes – resultados. Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e do Instituto de Biologia do Exército (IBEx) conseguiram não apenas isolar, como fazer o sequenciamento do vírus.

O físico Ettore Segreto, professor do Instituto de Física Gleb Wataghin, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi nomeado líder do Dune Photon Detection System, um dos cinco consórcios internacionais que integram o megaexperimento Dune – Deep Underground Neutrino Experiment. Com sede no Fermilab (Fermi National Accelerator Laboratory), Estados Unidos, o Dune é o mais ambicioso experimento já idealizado para o estudo dos neutrinos (leia mais sobre o projeto em http://agencia.fapesp.br/25451/).

O vidro é um material sólido ou líquido? Essa pergunta, que tem sido discutida com afinco nas últimas décadas por especialistas da área, acaba de receber uma nova resposta: “O vidro é um estado fora do equilíbrio termodinâmico (estado em que os equilíbrios térmico, químico e mecânico ocorrem simultaneamente) e não cristalino da matéria, que parece sólido em uma curta escala de tempo, mas que relaxa continuamente em direção ao estado líquido”.

cocainaUma pesquisa feita na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) demonstrou de forma objetiva algo que especialistas em neurociência já suspeitavam: pessoas que começam a usar cocaína durante a adolescência desenvolvem déficits cognitivos mais significativos do que quem inicia o consumo da droga na vida adulta.

uva rossaDiariamente, nosso corpo exige uma ingestão regular de cobre na dieta para se manter saudável. Um regime equilibrado situa-se entre 2,0 e 5,0 mg/dia. A ingestão fora desses limites pode incorrer na chamada hipocupremia (falta de cobre) ou na hipercupremia (excesso de cobre), que podem levar ao surgimento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.