Ciência e Tecnologia

nebulosa Eta CarinaeAlém de estrelas isoladas, o Universo é composto por estrelas duplas – ou binárias – de alta massa. Diferentemente do “astro-rei” – que permanece sozinho no Sistema Solar –, essas estrelas binárias de alta massa têm, em sua maioria, uma companheira com a qual interagem em razão da proximidade, transferindo matéria ou até mesmo vindo a se fundir, gerando uma única estrela de grande massa com velocidade de rotação muito alta. O número de estrelas binárias de alta massa já conhecidas, contudo, era muito pequeno e restrito basicamente às identificadas em nossa galáxia: a Via Láctea.

A geração aleatória de calor no mundo microscópico é um dos principais obstáculos para o avanço da nanotecnologia. À medida que os nanodispositivos se tornarem cada vez menores e mais complexos, feitos com peças de tamanho comparável ao de moléculas ou até mesmo de átomos, eles terão risco maior de gerar perigosas flutuações quânticas durante o seu funcionamento. Essas flutuações são variações abruptas e imprevisíveis de energia, regidas pelas leis probabilísticas da mecânica quântica, com potencial de danificar os nanomecanismos.

Pycnonemosaurus. O nome reúne o grego pycnos (“denso”) com o latim nemus (“vegetação”), isto é, lagarto que vive em mato denso, mas pode ser traduzido por “réptil do Mato Grosso”. E não se trata de qualquer dinossauro. O Pycnonemosaurus nevesi – única espécie conhecida do gênero Pycnonemosaurus – foi um dinossauro carnívoro gigante que viveu no atual Centro-Oeste do Brasil há 70 milhões de anos, no período Cretáceo. Um novo estudo acaba de concluir que foi a maior fera da sua estirpe, a família dos abelissaurídeos, cujas marcas registradas eram um par de pequenos chifres e dois braços atrofiados.

Uma pesquisa apoiada pela FAPESP e conduzida na Universidade de São Paulo (USP) em colaboração com outras instituições de pesquisa nacionais e internacionais, revelou novos aspectos relacionados ao mecanismo de ação da enzima Ohr (proteína de resistência a hidroperóxidos orgânicos, na sigla em inglês), que confere a diversas espécies de bactérias a capacidade de neutralizar substâncias oxidantes liberadas pelo sistema de defesa do organismo hospedeiro – seja ele planta ou animal.

Um medicamento adotado no tratamento da hepatite C pode ser a resposta contra a infecção do vírus Zika. Como atestaram os cientistas que integram o grupo de várias instituições unidas no esforço da pesquisa, o antiviral sofosbuvir mostra acentuada ação contra o vírus, capaz de inibir sua replicação e impedir a morte celular provocada pela infecção. Esse efeito foi observado em testes com diferentes tipos de células, incluindo células neuronais humanas e minicérebros – que é como são chamados os organoides produzidos a partir de células-tronco que reproduzem os estágios iniciais de formação do cérebro e são considerados um modelo para o estudo da microcefalia associada ao Zika.

Em um estudo publicado na revista PLoS One, pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) mostraram ser possível usar informações genéticas para identificar precocemente quais pacientes com uma das formas mais graves de epilepsia – conhecida como epilepsia do lobo temporal mesial (ELTM) – são refratários ao tratamento medicamentoso e, portanto, têm indicação para cirurgia. O trabalho foi conduzido no âmbito do Instituto de Pesquisa sobre Neurociências e Neurotecnologia (BRAINN, na sigla em inglês) – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) financiado pela FAPESP – sob a coordenação da professora Iscia Lopes-Cendes.

orecchio strutturaOs resultados de uma pesquisa conduzida no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC/USP) em São Carlos estão sendo usados para desenvolver um modelo matemático que ajude a compreender como funciona o cérebro de portadores de um distúrbio que leva o nome de Tinnitus, mais conhecido como zumbido de ouvido. De acordo com dados da Associação de Pesquisa Interdisciplinar e Divulgação do Zumbido (Apidiz), o distúrbio acomete cerca de 20% da população no Brasil.

unisul logoA fazenda experimental Agro Veterinária da Unisul, em Braço do Norte, abriga em torno de 30 animais/gado leiteiro da raça Jersey, os quais além de gerarem o leite que é comercializado junto a lacticínios da região, também atendem as aulas práticas dos cursos de Agronomia e Veterinária, nas áreas de produção leiteira e derivados do leite, reprodução, sanidade animal, forragicultura, nutrição animal, entre outros.

Um fenômeno cósmico de dimensões colossais – resultante da aceleração de uma nuvem gasosa por buraco negro e de sua reaceleração pelas ondas de choque decorrentes da fusão de dois aglomerados de galáxias – acaba de ser observado, descrito e interpretado por uma colaboração internacional de astrônomos, com a participação de três brasileiros: Felipe Andrade-Santos, Vinicius Moris Placco e Rafael Miloni Santucci. Andrade-Santos e Placco foram bolsistas da FAPESP. E Santucci participa do projeto temático “Mosaic: the multi-object spectrograph for the ESO extremely large telescope”, coordenado por Silvia Cristina Fernandes Rossi, e também apoiado pela FAPESP.

A equipe do Centro de Comunicação Técnico-Científica do Instituto Geológico (IG), em conjunto com o Núcleo Curadoria do Acervo Histórico concluíram, no final de 2016, a digitalização dos boletins da Comissão Geographica e Geologica (CGG), editados em fascículos, entre 1889 e 1930. Ao todo foram digitalizados 21 boletins que agora poderão ser acessados por pesquisadores, estudantes e público interessado. As publicações têm conteúdo técnico-científico baseadoss em resultados experimentais, observações de cunho científico e de divulgação fundamentadas em opiniões técnicas dos especialistas.

DispositivoOs dispositivos optomecânicos – capazes de confinar simultaneamente ondas de luz e mecânicas, de modo a possibilitar que interajam – podem ser úteis tanto para o estudo de questões fundamentais da Física, como para o uso de luz para detectar movimento, como já fazem os chamados acelerômetros. Presentes em smartphones, esses componentes eletrônicos ajustam a orientação da tela de paisagem para retrato e vice-versa, ao detectar o movimento de rotação do aparelho pelo usuário.