Conferências e Simpósios

San PaoloA mobilidade urbana tornou-se um tema urgente e polêmico, que centralizou debates recentes na cidade de São Paulo. Com uma frota veicular que ultrapassou a marca de 8 milhões em 2015, a capital paulistana encontra-se próxima do limite de um modelo de mobilidade centrado no transporte sobre pneus. O tema foi tratado em apresentação feita por Maria Cristina da Silva Leme, professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) durante o 5º Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, realizado em 29 e 30 de novembro, na Câmara Municipal de São Paulo.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Unisul– PPGCS, recebe inscrições até o dia 16 de dezembro para o workshop ‘Desenvolvimento de Habilidades em Comunicação Científica de Pesquisadores’, com recursos do Fundo Newton/Reino Unido e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina – FAPESC. Com duração de três dias, totalizando 24 horas, o curso será realizado nos dias 21, 22 e 23 de fevereiro de 2017 na Unidade Pedra Branca, Campus Grande Florianópolis. Público alvo: doutorandos, pós-doutorandos e professores de todas as áreas de conhecimento, com até 10 anos de doutoramento.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) realizará em 9 de dezembro o “Simpósio Internacional de Bioeconomia”. O evento tem como objetivo debater experiências internacionais bem-sucedidas em bioeconomia e estabelecer parcerias com outros países, a fim de dinamizar o setor no Brasil. O encontro está organizado em quatro painéis. Do primeiro participarão Luuk A.M. van der Wielen, director do BE-BASIC, da Holanda, e Christophe Luguel, que integra o board do Bio-Based Industries (BBI) e é dirigente do International Affairs Association Industries & Agro-Ressources( IAR), da França, num debate mediado por Marie-Anne Van Sluys, do Instituto de Biociências da USP e membro da coordenação adjunta de Ciências da Vida da FAPESP e da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN).

Vacinas O Segundo Workshop sobre Vacinas e Sistemas Biológicos será realizado nos dias 5 e 6 de dezembro de 2016 no Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFUSP). O primeiro dia terá palestras com pesquisadores como Osvaldo Sant’Anna e Viviane Botosso, do Instituto Butantan, Marcia Fantini e Cristiano Luis Pinto de Oliveira, do IFUSP. Martin Rasmussen e Heloísa Bordallo falarão sobre resultados de pesquisas feitas no Instituto Niels Bohr, na Dinamarca.

São PauloO workshop “Cidades Inteligentes: Como São Paulo Pode se Tornar uma Delas?” será realizado no dia 6 de dezembro de 2016 na Antiga Sala do Conselho Universitário da USP, em São Paulo. Segundo os organizadores do evento, cidades inteligentes é um termo que se refere ao uso de tecnologia da informação – em particular internet das coisas, big data, computação móvel e computação em nuvem – para processar informações no meio urbano.

dentistaPetrópolis (RJ) sediará o “Encontro Internacional sobre Defeitos de Desenvolvimento Dentário: os desafios na prática clínica e na pesquisa”, nesta semana, nos dias 2 e 3 de dezembro, das 8h às 17h, na Faculdade Arthur de Sá Earp Neto (FMP/Fase). O objetivo é promover um encontro entre estudantes e profissionais de Odontologia com professores do Brasil e da Dinamarca. “O evento vai apresentar informações atualizadas sobre a prevalência, a etiologia, o diagnóstico e o manejo clínico dos defeitos de desenvolvimento dentário.

Pesquisadores holandeses vinculados ao Naturalis Biodiversity Center estiveram reunidos com integrantes do Programa de Pesquisa em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA-FAPESP), no dia 28 de novembro, para discutir estratégias de colaboração. Durante o encontro, foi escolhido como principal tema de interesse comum a restauração de ambientes degradados. Também foram apontados como assuntos relevantes o desenvolvimento de novas ferramentas para identificação de espécies, estudos sobre o funcionamento de ecossistemas e sobre possíveis impactos das mudanças climáticas e das mudanças de uso do solo, além de estudos socioecológicos e de sustentabilidade.

Análise TécnicaO Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) da Unesp em São José do Rio Preto promoverá apresentações da palestra “Mercado de Câmbio de Moedas e Análise Técnica” nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro de 2016. O Forex (sigla em inglês de foreign exchange) é um mercado financeiro descentralizado destinado a transações de câmbio. Os negócios são feitos por pares de moedas (por exemplo, dólar e real), que podem ser negociados em qualquer parte do mundo com grande liquidez.

“Mudanças climáticas: a Terra daqui a 100 anos” será o tema do próximo USP Talks, com palestras dos professores Paulo Artaxo, especialista em mudanças climáticas do Instituto de Física da USP, e Frederico Brandini, diretor do Instituto Oceanográfico da USP. O evento será dia 30 de novembro de 2016, das 12h30 às 13h30, no Teatro Eva Hertz da Livravia Cultura, em São Paulo. Como poderá estar a Terra em 100 anos se continuar com o modelo de desenvolvimento atual, gerando uma combinação explosiva de aquecimento global, aumento populacional, degradação ambiental e esgotamento dos recursos naturais?

quantumNo próximo dia 29 de novembro (terça-feira), o programa Ciência às 19 horas realiza sua última edição do ano com a palestra "Das margens para o centro- a história da segunda revolução quântica". A palestra será ministrada por Olival Freire Júnior, docente e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que apresentará um histórico dos aspectos intelectuais e contextuais associados à renovação da pesquisa sobre os fundamentos da física quântica.

mediciA Pró-Reitoria de Pesquisa da USP promove o workshop “A Saúde no Brasil após a PEC 241”, que ocorrerá em 8 de dezembro de 2016 no Instituto de Estudos Avançados (IEA), em São Paulo. “Com a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) na Constituição de 1988, o Brasil fez a escolha pelo investimento coletivo e excepcional para proteger e melhorar a saúde da população. Quase três décadas depois, o Novo Regime Fiscal instituído pela PEC 55 (antes 241) poderá levar à diminuição das despesas públicas com saúde, colocando em dúvida a sustentabilidade do SUS”, destacam os organizadores.