Cultura e Arte

Sérgio Henrique FerreiraO legado do farmacologista Sérgio Henrique Ferreira – morto no dia 17 de julho – para a ciência brasileira foi tema da conferência de abertura da 31ª Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE), que ocorre entre 29 de agosto e 1º de setembro em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Antônio Lúcio Vivaldi foi músico e compositor do estilo barroco. Nascido em Veneza, Itália, será homenageado na noite da próxima segunda-feira, 29 de agosto, em Florianópolis. A Igreja São Sebastião, no Bairro Sambaqui, será o palco para o concerto ‘Especial Vivaldi: as quatro estações’, com entrada franca a partir das 20h. O maestro é Patrick Cavalheiro e o solista de violino é Paulo Batschuaer.

cinema festivalO Cineclub Cinema Unisul, em parceria com o Centro Integrado de Cultura (CIC), oferece sessões gratuitas de cinema. As exibições ocorrerão nos dias 1 a 4, 8 a 11, 15 a 18 e 22 a 25 de setembro 2016 no CIC.
Programação:
1 e 3 de setembro (Quinta e Sábado), às 20h

Na época dos chamados “descobrimentos”, Portugal foi a vanguarda do processo de navegações e conquistas que articulou quatro continentes (Europa, África, Ásia e América) e impôs ao mundo a hegemonia europeia. Lisboa, capital do reino, era, nas palavras do respeitado historiador português Vitorino Magalhães Godinho (1918 – 2011), a “grande cabeça de Portugal”. E o Paço da Ribeira, onde se concentravam o novo palácio real, as sedes dos principais organismos administrativos, o centro comercial e os grandes estaleiros, era o coração de Lisboa.

marie curieNo próximo sábado, dia 30, às 16h, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) promove mais uma sessão gratuita de cinema. Nesta edição, o Cine Ciência exibe Madame Curie, filme de 1943 dirigido por Mervyn LeRoy. O longa-metragem retrata a vida de Marie Skłodowska Curie, cientista polonesa que revolucionou o estudo da radioatividade. Ela foi a primeira mulher a receber o Nobel e a primeira pessoa e única mulher a ganhar o prêmio duas vezes.

ShakespeareBrazilian academics will join over 800 Shakespeare scholars from more than 48 countries in Stratford Upon-Avon and London for the 10th World Shakespeare Congress, to explore and honour the Bard’s work some 400 years after his death. Viola Timm, from the University of Fortaleza and Sirlei Santos Dudalski, from the Federal University of Viçosa are leading workshops and seminars  at the global congress.

Henry Corbin Carl JungO filósofo francês Henry Corbin (1889 – 1978) é um nome referencial para quem se interessa pela filosofia e a mística islâmicas. Diretor da cadeira de Estudos Islâmicos da Sorbonne (Universidade de Paris) e fundador da cadeira de Filosofia Iraniana da Universidade de Teerã, ele foi um dos mais respeitados hermeneutas das obras de Avicena (980 – 1037), Sohrawardi (1154 – 1191), Ibn Árabi (1165 – 1240) e Mulla Sadra (1572 – 1640).

ema klabin logoApós um recesso para a higienização do acervo, a casa-museu Ema Klabin retorna com suas visitas mediadas e a Quinzena do Livro que começa dia 19 de julho 2016. Os visitantes poderão conhecer livros raros, participar de palestras, uma oficina de monotipia e ainda visitar o acervo de mais de 1500 obras de grandes mestres da arte mundial. A exposição "As Vozes do Livro" apresentará obras da coleção de Ema Klabin em diálogo com os ambientes da casa.

Butantan logoO Instituto Butantan modernizou a exposição de longa duração “O Mundo Gigante dos Micróbios”, do Museu de Microbiologia. A mostra interativa e tecnológica está com um novo sistema sonoro e recebeu adequações para tornar o espaço ainda mais atrativo ao público. Instalada em 2008 com o apoio da FAPESP, a exposição tem como público-alvo crianças com até 6 anos.

Realiza-se no próximo dia 5 de julho, às 20 horas, no Teatro Municipal de São Carlos, o evento cultural “A Seção Áurea e os Números de Fibonacci na Música e Outras Artes”. O evento contará com a presença do renomado pianista Caio Pagano, que intercalará sua apresentação com a palestra do docente e pesquisador do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC/USP), Carlos Grossi.

Qualquer semelhança, não é mera coincidência. É o que confidencia o professor do Curso de Produção Cultural do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), campus Nilópolis, Tiago José Lemos Monteiro. Bebendo na produção de um dos maiores cineastas e documentaristas brasileiros, Eduardo Coutinho (1933-2014), o pesquisador produziu um vídeo-documentário sobre as relações de personagens anônimos e famosos com o ambiente dos cinemas de rua do Rio de Janeiro e o fascínio despertado pela imagem em movimento na telona.