O curso de Gastronomia, da Universidade de Sorocaba (Uniso), deu início ao projeto de extensão "Chefes Especiais" a um grupo de crianças e jovens com síndrome de Down, em uma aula inaugural realizada no dia 11 de abril.
Neste primeiro encontro, os participantes aprenderam a fazer abobrinha recheada, mousse de chocolate utilizando abacate e suco de laranja com beterraba. Ao final, serviram os pratos para seus pais e responsáveis. O projeto contempla oito aulas práticas no Laboratório da Uniso sobre Culinária Saudável, Panificação, Confeitaria, Técnicas de Serviço e encerramento com um coquetel de caldos e sopas.
As aulas estão sendo ministradas pelos professores Carlos Martins, Juliana Tonon, Mariana Galvez e Maria Ângela Severino, Coordenadora do curso, com o apoio de alunos de diversos períodos.

Os objetivos são promover a inclusão social, estimulando aspectos como a autonomia, a organização e a atenção, além de melhorar a autoestima. Para isso, inclusive, o grupo receberá a orientação do curso de Terapia Ocupacional, por meio da professora Soraya Diniz Rosa.

O projeto tem o apoio do Rotary Vergueiro de Sorocaba. Os participantes foram trazidos através do Projeto Fazendo Arte, de iniciativa do ator e diretor Junior Mosko.

Datas dos Encontros:

Cidade Universitária, Prédio de Apoio 3, às 14h

11 de abril – Aula inaugural: Cozinha Saudável
20 de abril – Panificação
28 de abril – Cozinha Saudável
2 de maio – Confeitaria
12 de maio – Panificação
18 de maio – Confeitaria
25 de maio – Técnicas de Serviço
6 de junho – Evento de encerramento
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn