univates logoLAJEADO - Nesta quarta-feira, dia 26, o Vale do Taquari, que há 50 anos uniu forças para trazer o ensino superior à região para qualificar e desenvolver pessoas, colhe um fruto importante de um trabalho coletivo: a Univates recebe a concessão do título de universidade.
A homologação, por meio da Portaria n° 897, publicada hoje no Diário Oficial da União e assinada pelo Ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, foi muito comemorada pela comunidade acadêmica.

O primeiro público a receber a notícia, logo pela manhã, foram os colaboradores da Instituição. Na parte da tarde, um brinde coletivo reuniu professores, funcionários técnico-administrativos, bolsistas, estagiários e terceirizados no Centro Cultural Univates para comemorar a conquista. Na ocasião, o reitor da Universidade do Vale do Taquari, Ney José Lazzari, discursou sobre o histórico da Instituição e a importância de cada um na construção do ensino superior na região. “Somos hoje de direito o que já éramos em nossa essência. A Univates, que há 50 anos iniciava sua trajetória a partir do sonho de pessoas que acreditavam que nosso Vale poderia ser grande e se desenvolver a partir do conhecimento, agora alcança o status de Universidade. Somos a Universidade do Vale do Taquari. Somos grandes pois somos coletivos. Fomos construídos por muitas mãos, constituídos por muitas lutas e sonhados por muitas mentes”, enfatizou Lazzari.

Para o reitor, ser uma instituição comunitária é incorporar os fundamentos e os objetivos de um projeto coletivo regional: o desenvolvimento social, econômico, cultural e tecnológico. “Como instituição pública não estatal, nosso patrimônio pertence à comunidade na qual estamos inseridos. Nossos projetos de extensão e ações comunitárias já beneficiaram mais de uma centena de milhares de pessoas. Essas ações, aliadas à pesquisa, ao ensino de qualidade e voltadas para a promoção de iniciativas emancipatórias da sociedade, fazem com que o impacto que produzimos na vida das pessoas seja tão grande quanto o impacto que a comunidade tem no nosso crescimento. E agora, enquanto Universidade, temos um grande desafio pela frente: por meio das nossas pesquisas sermos referência em transferência de tecnologia. Hoje não apenas transmitimos novos conhecimentos como também geramos novos conhecimentos”, reforça o reitor.

À noite, a partir das 20h, a Instituição realiza um evento aberto à comunidade em frente ao Centro Cultural Univates. Haverá queima de fogos de artifício e apresentação da banda Hello Ms.Take. A comemoração com os estudantes da Universidade, e aberto à comunidade, será realizada na volta às aulas, em data a ser confirmada. Mais informações serão divulgadas em breve.

O que a região tem a dizer

Para o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) e prefeito de Estrela, Rafael Mallmann, é indiscutível a contribuição da Univates para o desenvolvimento socioeconômico do Vale do Taquari. “Além da formação universitária, a Univates contribuiu para que os jovens permaneçam nos seus municípios de origem e possam colaborar, no futuro, com suas comunidades. É preciso destacar também a atuação da Universidade nas questões regionais, estabelecendo sólidas parcerias com os municípios e com as demais entidades regionais, entre elas a Amvat, com a qual a Instituição sempre manteve uma relação cooperativa e com o objetivo de contribuir para o crescimento do nosso Vale”, enfatiza.  

Já a coordenadora da 3ª Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul, Greicy Weschenfelder, destaca o crescimento planejado e sustentável que a Univates ostentou durante sua história. “A Univates hoje representa para a região nosso esteio. Uma Instituição de renome, que realiza suas atividades para o fomento da região em que está inserida. Notamos o crescimento de forma gradual e planejada. A Instituição volta suas ações para o futuro, sempre alicerçadas na formação de um aluno comprometido com valores como cidadania e proatividade. Sou fruto da Univates, e tenho-a como uma família, pois ainda se cultiva nesta Instituição a ideia de comunidade. E entendo, porque assim me fizeram entender, que o nosso conhecimento deve servir à região, aos outros”, comenta.

Desafios da Universidade do Vale do Taquari

Hoje, a Univates recebe mais de 13 mil estudantes de 159 municípios gaúchos e de 92 cidades de outros estados da federação. Com a responsabilidade de melhorar a vida de tantas pessoas, a Instituição renova o compromisso já firmado com a sociedade: ser uma universidade de impacto social, cultural, econômico e tecnológico. “Qual será a contribuição da Univates? O que a Universidade, como sucessora do Centro Universitário, trará como valor adicional ao Vale? A resposta é simples: ao lado do ensino superior de alta qualidade que continuará oferecendo, ela trará a tecnologia como ferramenta para viabilizar o potencial social e humano que a região tem para oferecer. Será pelo desenvolvimento tecnológico que a Universidade do Vale do Taquari abrirá novas alternativas para o desenvolvimento regional, possibilitando mais agregação de valor e maior competitividade, e garantindo a sustentabilidade da região pela abertura de novos segmentos econômicos, de alta densidade tecnológica e alto valor agregado”, explica Lazzari.

“Não estamos apenas comemorando uma conquista da comunidade acadêmica da Univates. A Universidade do Vale do Taquari é uma conquista de toda a região e, sobretudo, uma afirmação de que não hesitamos diante dos desafios que o futuro nos reserva. Ousaremos saber e ousaremos agir”, finaliza o reitor.
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn