O Departamento de Ciência do Solo da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz oferece uma oportunidade de Pós-Doutorado em Microbiologia do Solo com bolsa da FAPESP. Inscrições poderão ser feitas até dia 15 de agosto de 2017. A bolsa está vinculada ao Projeto Temático “Mudanças climáticas e eficiência energética na agricultura: um enfoque em estresse hídrico, manejo orgânico e biologia do solo”.
O projeto visa estudar a estrutura da comunidade microbiana e a funcionalidade do solo envolvida nas emissões de gases de efeito estufa (GEE) e também a eficiência da ciclagem de nutrientes em distintas práticas de manejo. Serão investigadas as mudanças na comunidade microbiana usando abordagens metagenômicas e de atividade enzimática do solo, além de avaliações de emissões de gases de efeito estufa nos manejos orgânico, convencional e transição do convencional para orgânico.

A integração desses dados poderá levar a um modelo energético mais eficiente, o que permitirá uma melhor exploração da matéria orgânica do solo. Além disso, a integração de dados com as emissões de gases contribuirá para a compreensão dos efeitos desses manejos no aquecimento global.

Os candidatos deverão ter habilidades combinadas em microbiologia e bioinformática; apresentar familiaridade e habilidades em análises independentes de cultivo da comunidade microbiana, extração de DNA, sequenciamento, atividade enzimática do solo, bioinformática, modelagem e análises estatísticas. Também é necessário que tenham conhecimentos em plataformas de sequenciamento em larga escala, assim como conhecimentos em diferentes linguagens computacionais (ex: Python, Unix) e programas de análises (ex: MG-RAST, QIIME e R para análises estatísticas). Conhecimento de agricultura envolvendo práticas orgânicas será considerado um diferencial.

As candidaturas devem ser dirigidas à professora Elke J. B. N. Cardoso por e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.), pesquisadora responsável pelo projeto, com a seguinte documentação anexada: carta de motivação; duas cartas de referência; curriculum com artigos publicados e evidenciando as habilidades para conduzir o projeto; e resumo da tese de doutorado.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Agência FAPESP
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn