Conferências e Simpósios

A primeira edição do Congresso da Associação Brasileira de Estudos do Século XVIII (ABES XVIII) será realizada de 4 a 6 de setembro de 2017 na Cidade Universitária, em São Paulo. No evento, promovido pelo Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP com o tema “As Luzes e o Brasil”, será feito um balanço dos estudos de pesquisadores brasileiros sobre o século XVIII, na filosofia, na história, na literatura, na história das ciências, das artes e da educação, bem como em outras áreas das humanidades. A ABES XVIII foi constituída em 2014 e formalmente registrada em 2016, a partir do convite e do apoio do Comitê Executivo da Société Internationale d’Étude du Dix-huitième Siècle.

Brainn logoO 4th BRAINN Congress será realizado de 27 a 29 de março de 2017 na Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, em Campinas. O evento reunirá pesquisadores e estudantes (de graduação e pós-graduação) que trabalham em neurociência, neurotecnologia e áreas relacionadas. Luis Concha Loyola (Universidad Nacional Autónoma de México), Nathalia Peixoto (George Mason University, Estados Unidos), Paul Verschure (Universitat Pompeu Fabra, Espanha) e Richard Frayne (University of Calgary, Canadá) são alguns dos palestrantes confirmados.

As revistas científicas têm passado por profundas mudanças em todo o mundo nos últimos anos com o intuito de aumentar a agilidade no processo de publicação – considerado ainda muito lento – e promover o acesso aberto, que ainda não avançou na velocidade desejada, entre outros objetivos, aponta Glenn Hampson, diretor executivo do National Science Communication Institute e do programa Open Scholarship Initiative, dos Estados Unidos. Algumas das mudanças que têm ocorrido envolverão alterar o sistema atual a fim de utilizar ferramentas e abordagens de publicação mais modernas e irão requerer um esforço generalizado e coordenado dos editores, autores e de toda a comunidade científica, avaliou o especialista durante conferência a distância na VI Reunião Anual da Scientific Electronic Library On Line (SciELO) – financiada pela FAPESP –, realizada no dia 14 de dezembro, no auditório da Fundação.

Vacinas O Segundo Workshop sobre Vacinas e Sistemas Biológicos será realizado nos dias 5 e 6 de dezembro de 2016 no Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFUSP). O primeiro dia terá palestras com pesquisadores como Osvaldo Sant’Anna e Viviane Botosso, do Instituto Butantan, Marcia Fantini e Cristiano Luis Pinto de Oliveira, do IFUSP. Martin Rasmussen e Heloísa Bordallo falarão sobre resultados de pesquisas feitas no Instituto Niels Bohr, na Dinamarca.

São PauloO workshop “Cidades Inteligentes: Como São Paulo Pode se Tornar uma Delas?” será realizado no dia 6 de dezembro de 2016 na Antiga Sala do Conselho Universitário da USP, em São Paulo. Segundo os organizadores do evento, cidades inteligentes é um termo que se refere ao uso de tecnologia da informação – em particular internet das coisas, big data, computação móvel e computação em nuvem – para processar informações no meio urbano.

dentistaPetrópolis (RJ) sediará o “Encontro Internacional sobre Defeitos de Desenvolvimento Dentário: os desafios na prática clínica e na pesquisa”, nesta semana, nos dias 2 e 3 de dezembro, das 8h às 17h, na Faculdade Arthur de Sá Earp Neto (FMP/Fase). O objetivo é promover um encontro entre estudantes e profissionais de Odontologia com professores do Brasil e da Dinamarca. “O evento vai apresentar informações atualizadas sobre a prevalência, a etiologia, o diagnóstico e o manejo clínico dos defeitos de desenvolvimento dentário.

quantumNo próximo dia 29 de novembro (terça-feira), o programa Ciência às 19 horas realiza sua última edição do ano com a palestra "Das margens para o centro- a história da segunda revolução quântica". A palestra será ministrada por Olival Freire Júnior, docente e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que apresentará um histórico dos aspectos intelectuais e contextuais associados à renovação da pesquisa sobre os fundamentos da física quântica.

mediciA Pró-Reitoria de Pesquisa da USP promove o workshop “A Saúde no Brasil após a PEC 241”, que ocorrerá em 8 de dezembro de 2016 no Instituto de Estudos Avançados (IEA), em São Paulo. “Com a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) na Constituição de 1988, o Brasil fez a escolha pelo investimento coletivo e excepcional para proteger e melhorar a saúde da população. Quase três décadas depois, o Novo Regime Fiscal instituído pela PEC 55 (antes 241) poderá levar à diminuição das despesas públicas com saúde, colocando em dúvida a sustentabilidade do SUS”, destacam os organizadores.

A quinta edição do Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, em 29 e 30 de novembro, reunirá na Câmara Municipal de São Paulo gestores urbanos e pesquisadores dos dois países para debater questões relacionadas à urbanização, seus desafios e soluções. Com o tema “The City of Tomorrow – Tackling Urban Challenges and Opportunities”, a conferência, realizada anualmente pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação - São Paulo (DWIH-SP), tem a colaboração neste ano da FAPESP, FGV Projetos, Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo e Ministério Federal das RelaçoÌ?es Externas da Alemanha.

unisul logoO Laboratório de Inovação e Empreendedorismo da Unisul – iLab – promove o Café no Vale, no dia 23 de novembro, às 19h30, no auditório G da Unidade Pedra Branca, com a participação de Bruno Loreto, Innovation Ecosystem Manager da Softplan, que irá contar sobre a experiência de imersão no Vale do Silício. As inscrições são gratuitas e limitadas, e podem ser realizadas através do site da sympla https://www.sympla.com.br/cafe-no-vale__102610. O evento marca a parceria entre a Unisul e Softplan para inovação e empreendedorismo.

As energias renováveis, como a solar, a eólica, a hidrelétrica e a proveniente de biomassa, como o etanol e outros biocombustíveis, representam uma oportunidade de integração energética dos países latino-americanos em razão da complementaridade de suas matrizes, hoje fortemente baseadas na produção de energia hidrelétrica. Para atingir esse objetivo, contudo, será preciso superar barreiras para a produção de energia proveniente de recursos naturais em países da região, como a Argentina. A avaliação foi feita por Carina Guzowski, professora do Departamento de Economia da Universidad Nacional del Sur da Argentina durante palestra na FAPESP Week Montevideo.