Cultura e Arte

ema-klabin-logoNo próximo dia 31 de julho, as 16h30, a Fundação Ema Gordon Klabin, no Jardim Europa, levará ao público a última apresentação de chorinho  de seu programa Tardes Musicais. Inspirado pelo cinema mudo,  o grupo Terno Trio promete inovar e fechar com chave de ouro a série de recitais de choro que empolgou as tardes de sábados dos paulistanos, no primeiro semestre de 2010. Formado pelos músicos Luciano Castro  (violão de sete cordas), Paulinho do Cavaco (cavaquinho) e Felippe Motta (pandeiro), o grupo Terno Trio apresentará clássicos de mestres do choro, passando pelo samba e a bossa nova.

rhbn-cartaz-judeusA trajetória dos judeus no Brasil é o tema do próximo debate promovido pela Revista de História da Biblioteca Nacional. O encontro será no dia 20 de julho, às 16h, no auditório da Biblioteca Nacional. O assunto é destaque também nas páginas da edição do mês da revista. Autor do artigo A Torá na Terra de Santa Cruz, o professor da Universidade Federal de Viçosa, Angelo Adriano Faria Assis, vai abordar a participação judaica no Brasil e o destaque que chegaram a ter em contraste com as pressões sociais e perseguições da Inquisição.

sartrePara celebrar o cinquentenário da passagem do filósofo francês Jean-Paul Sartre pelo Brasil e do lançamento do seu livro "A crítica da razão dialética", o Grupo de Estudos Sartre (GES) do curso de Filosofia da Universidade Estadual do Ceará (UECE) vai realizar de 28 a 31 de julho, o III Seminário do Grupo de Estudos Sartre. O evento acontecerá no Centro de Humanidades (CH) da UECE Campus de Fátima na Avenida Luciano Carneiro, 345, bairro de Fátima.

A arte da dança invadirá o palco do Teatro João Paulo II do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste-MG) nesta quinta-feira (15/7) e sexta-feira (16/7), sempre às 19h30. Na oportunidade, as companhias Orfeu Cia. de Dança, de Timóteo, e Cel Cia. de Dança e Bia Antunes Centro de Dança, de Coronel Fabriciano, apresentam seus espetáculos que são abertos ao público. Os ingressos custam R$ 10 e estão à venda com os bailarinos e nas sedes dos grupos de dança.

mam_logoO Museu de Arte Moderna de São Paulo, fundado em 15 de julho de 1948 por Ciccillo Matarazzo, celebra nesta quinta-feira 62 anos. Para marcar a data, convida ao público em geral para visitar as exposições em cartaz, Ecológica (Grande Sala) e Dez anos do Clube de Colecionadores de Fotografia com entrada gratuita. A mostra Ecológica promove uma crítica à sociedade de consumo mostrando como a idéia de ecologia em voga atualmente pasteuriza a natureza de fato.

Já está disponível para leitura e download a última edição da revista científica Colloquium Vitae. Com artigos e trabalhos das áreas de Saúde e Ciências Biológicas, a revista é um órgão oficial de divulgação da Unoeste e tem o objetivo de atender a comunidade acadêmica das diversas instituições nacionais e internacionais. Além dela, as edições das revistas Colloquium Agrarie, Exactarum e Humanarum também recebem artigos para avaliação e publicação nos próximos números.

Depoimentos de doentes, pessoas que já contraíram enfermidades epidêmicas e de cientistas como o professor Isaías Raw, do Instituto Butantan, fazem parte da exposição Epidemik, que ficará até o dia 26 de setembro na Estação Ciência da Universidade de São Paulo (USP). A exposição procura traçar aspectos históricos e sociais das principais epidemias que assolaram o mundo e conta com um jogo que simula cinco epidemias que se espalham por grandes metrópoles como Nova York, Moscou, Paris e Rio de Janeiro.

benki-piankoA textura da mão de Benki Pianko revela que a terra é parte de sua trajetória. O xamã do povo Ashaninka – na fronteira entre Brasil e Peru, a aproximadamente 800 quilômetros de Rio Branco (AC) – nasceu, cresceu e deseja passar o resto da vida em contato com a natureza. A fauna e a flora são seu laboratório. Na comunidade de 500 habitantes, 100% auto-suficiente, o homem de 36 anos e pai de oito filhos é uma das lideranças que usa os saberes seculares de seus ancestrais e a espiritualidade para fazer ciência.

musica_noteA escola de música da UFRJ comemora a volta à cena da Revista Brasileira de Música, que ficou oito anos sem circular. Criada em 1934, a revista é considerada o mais antigo periódico de musicologia do país, tendo como primeiro editor Luiz Heitor Correa de Azevedo e nos primeiros números a colaboração freqüente de Mário de Andrade. Hoje, com periodicidade semestral, ela ressurge vinculada ao programa de pós-graduação da Escola de Música e traz como novidade seu novo projeto editorial.

O Departamento de História, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, lança mais uma edição da Revista de História, periódico semestral voltado para a divulgação de trabalhos acadêmicos realizados nesta área. Os artigos e resenhas podem ser acessados no site da Revista. Exemplares também são encontrados nas Livrarias da Editora da Universidade de São Paulo (Edusp) e na Editora Humanitas (Rua do Lago, 717, Cidade Universitária, São Paulo).
IFRJPor entender que a Energia é uma temática importante, estreitamente ligada com a vida, o Espaço Ciência InterAtiva (ECI), Campus Avançado Mesquita, do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) inaugurou a sua primeira exposição individual permanente em 29 de março de 2010. Desde então, a mostra “Energia e Vida” já recebeu um público superior a 2 mil visitantes. Alunos e professores da rede pública e privada, representantes de associações de moradores e demais pessoas puderam desfrutar e participar dos debates instigados pela temática da exposição.