Cultura e Arte

unilesteMG-logoNo próximo sábado (19/2), os cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste-MG) darão início à série 2011 do prazeroso Café Cinematográfico. O filme que abrirá os encontros do ano é Ensaio sobre a Cegueira, dirigido por Fernando Meirelles. A exibição tem entrada franca e será realizada às 9h, no Auditório Padres do Trabalho, campus Coronel Fabriciano. Os participantes do evento devem contribuir com alimentos para a realização de um lanche comunitário. Ensaio sobre a Cegueira foi lançado em 2008 e baseia-se no livro de mesmo nome do autor português José Saramago. “A história retrata uma epidemia de cegueira que prolifera-se por um país, resultando no colapso da sociedade”, adianta Rodrigo Cristiano Alves, professor responsável pela atividade.

ema-klabin-logoA Fundação Ema Gordon Klabin mantém, desde 2009, o programa Tardes Musicais, com recitais todos os últimos sábados de cada  mês, sempre às 16h30. Em sua quarta temporada, a série Tardes Musicais homenageará o "Centenário do Piano Érard", com  cinco concertos musicais, tendo início com a pianista Érika Ribeiro, no próximo dia 26 de fevereiro. No requisitado instrumento musical, fabricado em 1911, já se apresentaram grandes nomes da música brasileira como João Carlos Martins e Magda Tagliaferro. “O público terá contato com um piano de época restaurado especialmente para a temporada, que possui uma mecânica particular e original da manufatura francesa Érard”, explica o curador do museu Paulo Costa.

Desde que foi lançada em 1958, a Bibliographia Brasiliana, de Rubens Borba de Moraes (1899-1986), tornou-se o principal documento de referência para os estudiosos de livros raros que enfocam o Brasil. A obra, originalmente editada em inglês, acaba de ganhar sua primeira versão em português. Lançada nos últimos dias de 2010 pela Edusp, a editora da Universidade de São Paulo (USP), o livro em dois volumes se baseia na segunda edição em inglês revista e ampliada por Borba de Moraes em 1983. A publicação teve apoio da FAPESP na modalidade Auxílio à Pesquisa – Publicações. A tradução foi financiada pela Fundação Vitae. O livro reúne descrições e comentários sobre obras raras publicadas entre 1504 e 1900, com foco em diversos aspectos relacionados ao Brasil, além de livros de autores brasileiros do período colonial, impressos fora do país.

O Núcleo de Cultura da Univates traz novos eventos para o mês de março. No dia 10 será realizado o primeiro Café & Cultura de 2011, que contará com a apresentação de Vicente Breyer Trio. O show contará com uma seleção de músicas especialmente escolhidas em homenagem ao Dia da Mulher. A apresentação ocorrerá, a partir das 20h30min, na Cafeteria do Prédio 9.
No dia 18 de março será a vez do Grupo Tholl, que traz pela primeira vez à região o espetáculo Exotique. Às 15h ocorrerá sessão exclusiva para escolas, com ingressos a R$ 5,00. Às 21h a sessão será exclusiva aos estudantes da Univates - gratuita mediante apresentação da carteira do DCE ou do comprovante de matrícula.

unaerp_logoEntre os dias 15 de fevereiro e 14 de março acontece na Galeria de Artes, do Instituto de Línguas Estrangeiras da Universidade de Ribeirão Preto - Unaerp, a mostra de pinturas e esculturas da artista Mirlene Freire. A abertura do evento ocorrerá às 20h30, nesta terça-feira (15). As obras exploram a criatividade, utilizando madeira, flores, pedras, tecidos e outros materiais expressivos, em uma composição cujos efeitos finais são gerados em computador. A mostra é gratuita e aberta ao público em geral. O horário de visitação é de segunda a sexta, das 10h45 às 20h30.

Um dos sites educacionais mais procurados na internet no Brasil, o portal Domínio Público, do Ministério da Educação, aumenta mensalmente seu acervo digital em cerca de 3 mil obras, desde agosto de 2010. Em janeiro deste ano foram cadastradas 3.471 obras. O número considerável de novas mídias resulta da parceria com outros ministérios e bibliotecas nacionais. Existem hoje 187.533 obras cadastradas em formato de textos, imagens, sons e vídeos. “A intenção é de que o Domínio Público deixe de ser apenas um portal do Ministério da Educação, para ser um portal de conteúdo de todo o governo federal”, diz José Guilherme Ribeiro, diretor de infraestrutura em tecnologia educacional do MEC. O Domínio Público foi criado em 2004, com acervo inicial de 500 obras, para promover o acesso gratuito a obras literárias, artísticas e científicas.

Até o dia 27, o Centro Universitário Maria Antonia da USP, em parceria com o Senac São Paulo, apresenta a exposição Um cartaz para São Paulo: a cidade e sua memória, sob a concepção do designer gráfico Paulo Moretto e a curadoria de Alécio Rossi. Na mostra, 23 artistas nacionais e internacionais expõem seus trabalhos. O cartaz, objeto quase que emblemático dessa prática profissional, revelou-se mais do que uma peça gráfica, oferecendo espaço para experimentações que exigem objetividade e concisão e um equilíbrio sofisticado entre texto e imagem.

A biblioteca eletrônica SciELO lançou um sítio na internet que disponibiliza em acesso livre milhares de obras, artigos, mapas e documentos históricos sobre a biodiversidade brasileira. O Portal BHL ScieLO conta até o momento com cerca de 110 mil registros digitalizados e integrará a rede global The Biodiversity Heritage Library (BHL), consórcio que reúne museus de história natural e bibliotecas de botânica no mundo, como a Academy of Natural Sciences e o American Museum of Natural History, nos Estados Unidos, e o Natural History Museum, na Inglaterra.

darcy-ribeiroEric Nepomuceno - Nunca perguntei a Darcy Ribeiro se ele costumava cochilar, mas posso assegurar que não. Mesmo breves, seus sonhos seriam profundos. Porque profundos e infinitos em sua ousadia foram seus sonhos. E não se sonha grande com cochilos leves. Darcy não sonhou pequeno, nunca. E também não se limitou a sonhar um mundo melhor, mais justo e possível. Não ficou nos sonhos, jamais. Foi à vida, foi ao mundo, para torná-los realidade. Conseguiu, algumas vezes. Fracassou em outras. Disse, muitas e muitas vezes, que sentia orgulho de ter sido derrotado lutando pelo que lutou, do que jamais conseguiria sentir se estivesse ao lado dos vencedores. Nunca perguntei a Darcy se ele gostava de contas redondas. Volta e meia penso nisso, quando recordo que por poucos meses ele não chegou aos 75 anos de idade. Nasceu em outubro, morreu em fevereiro.

A partir da quinta-feira (27), às 19 horas, o Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP apresenta a exposição Comunidade de Gostos: Arte Contemporânea Chinesa desde 2000, com 48 obras de jovens artistas chineses que procuram representar a realidade social que vivenciam no país. A exposição busca apresentar de maneira ampla e bastante compreensiva as vertentes da produção artística chinesa contemporânea, englobando fotografias, instalações, vídeos e pinturas. Embora as obras apresentem traços de experiências artísticas ocidentais, cada vez mais elas são dominadas por indagações sobre como perpetuar e responder à cultura tradicional. 

Com o objetivo de oferecer um verdadeiro manual para os candidatos que vão prestar provas para o exame anual da ANPEC (Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação de Economia) e para os leitores que pretendem fazer pós-graduação ou concurso público na área econômica, a Editora Campus/Elsevier, selo Campus-Concursos, lança os livros Macroeconomia — Questões Comentadas da ANPEC; Microeconomia — Questões Comentadas da ANPEC; Matemática — Questões Comentadas da ANPEC e Estatística — Questões Comentadas da ANPEC.